top of page

Um caminho para vencer a procrastinação


O assunto de hoje é “procrastinarei ou não? Eis a questão.”


Quando você me procura e diz: “Poxa Carol, eu estou procrastinando e me sinto tão culpada.” Logo eu pergunto, “mas me conta o que você anda fazendo.” E aí você me descreve uma lista de 40 metros.


Você tem percebido quantas coisas legais você tem conseguido resolver? Porém, ainda resta a questão tão valiosa, “mas porque ainda não faço o que realmente tenho que fazer?”


Você sabia que geralmente quando temos que fazer algo que requer esforço a nossa tendência é “cansar” antes mesmo da conclusão da tarefa? O nosso pensamento é uma ação. Quando pensamos estamos nos comportando no ambiente. Porém, apenas eu tenho acesso a esse conteúdo, a não ser que eu o expresse, certo? (Ainda bem que é privado).


Então, quando nos deparamos com uma tarefa que exige muitos passos, como um programar um conteúdo para um seminário, desenvolver um TCC, estudar para uma prova enfim, logo penso as inúmeras ações que terei que executar, logo, posso sentir cansada, desmotivada, entre outras emoções. E acabo procrastinando, fazendo coisas que exigem menos esforço, mas que me dão uma recompensa imediata. Como por exemplo, arrumar uma gaveta que estava há dias para ser organizada e ao final eu sinto satisfação por ter realizado aquela tarefa.


Nesse caso eu procrastinei porque eu gostaria de receber rapidamente uma recompensa. Já que, AQUELA tarefa vai custar me dar resultados.


Para sair da procrastinação e ir para a ação precisa-se promover um ambiente organizado, planejado para execução de uma tarefa escolhida e ter momentos de descanso.


Convido você pegar agora, lápis e papel. Agora, anote pelo menos cinco coisas que poderiam ser recompensadoras para você. Por exemplo: pintar, colorir ou escrever, ouvir uma playlist com músicas do seu agrado, se maquiar, cuidar das unhas, dançar, ficar sem fazer absolutamente nada, etc.


Ótimo, agora essa é sua carta na manga para lidar com a procrastinação. Quando estiver cansada e desmotivada no meio do percurso de uma atividade, permita-se parar, descansar, pegue a sua listinha de recompensas e escolha uma para fazer. Agora é só me contar o que você escolheu e dizer como foi colocar em ação.


Espero que essa orientação lhe ajude na sua jornada para lidar com a procrastinação, caso ainda esteja difícil eu estou aqui, pode contar comigo.


Um abraço da Psi Carol.

147 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page